sábado, 19 de dezembro de 2009

Jeito TAM de voar


Mais um episódio de insatisfação na Empresa TAM Linhas Aéreas... lógico que houve atraso do vôo JJ3885 de Brasília a Campinas (Aeroporto Viracopos) do dia 02/10/2009 e mais uma vez quem paga a conta é o cliente!! 

E dessa vez fui eu, mais uma vez e com a mesma empresa... Como o vôo deveria ter chegado às 22h40min, eu teria tempo suficiente para pegar o ônibus às 23h15min com destino a SP, mas o vôo não chegou a tempo e me custou muito transtorno e dinheiro buscar uma solução para não ficar na RUA. 

Procurei por funcionários da TAM no escritório, no guichê e por todo aeroporto, conversei até com o supervisor da Infraero. Para a minha surpresa, novamente fui muito mal atendida pela TAM, pois o assunto é reclamação! 

Expliquei a minha situação para o Supervisor da TAM, Sr. Jefferson. O Sr. Jefferson me disse “o atraso é muito pequeno e a TAM não tem responsabilidade de arcar com nenhuma despesa e muito menos resolver o meu problema de transporte”. Lógico, afinal de contas 1 hora de atraso é muito pouco tempo para uma empresa incompetente como esta! 

Aproveitei para dizer da minha profunda insatisfação pela empresa da qual ele representa, que eu estava nervosa e irritada porque não era a primeira situação desgastante, mas que eu tenho tido sucessivos problemas, a começar pela bagagem extraviada... é isso mesmo! 

No dia 05 de julho embarquei de Guarulhos para Imperatriz/MA pela TAM e chegando lá, eu tive a “felicidade” de descobrir que o “jeito TAM de voar” era muito insatisfatório. Resumindo, diariamente eu ligava e ia ao Aeroporto procurar pela minha bagagem e a TAM nunca retornou aos meus telefonemas, da mesma forma aos e-mails no Fale com o Presidente e Atendimento... 

Recebi por e-mail no dia 25/09/09 uma proposta de indenização ridícula no valor de R$ 110,43, que não paga nem a própria mala. Parece piada, são 3 meses e ninguém dá a mínima para mim, para os meus pertences! 

Hoje eu viajo pela TAM porque muitas vezes não há opção, porém a minha vontade é de não precisar utilizá-la e é uma pena que os funcionários estejam tão mal preparados para lidar com situações como essas e no mínimo deveriam escutar o desabafo do cliente, pois a resposta do Sr. Jefferson foi “não é porque a senhora perdeu a bagagem que a TAM tem que se responsabilizar por isso”. 

Engraçado, se essa é a orientação e ela não tem responsabilidade, eu tenho menos ainda! Entrei com uma ação na justiça e tenho audiência marcada... vou lutar até o fim pelos meus direitos e por respeito, de alguma forma a TAM vai aprender a me respeitar e me ressarcir por todo transtorno, humilhação e prejuízo financeiro... que não foi pouco!


Fonte: Reclamão.

5 comentários:

Anônimo disse...

Mas uma pessoa querendo tirar dinheiro de uma empresa aerea, sempre voei,voo, e sempre voarei com a TAM, nunca tivi nenhum problema com a TAM e sempre foram muito profissionais.

Lisarb disse...

Infelizmente acontece estes problemas.

A TAM também é responsável por certos problemas, ou seja, qualquer empresa é responsável pelo produto ou serviço que vende ou oferece.

Obrigado.

Continue visitando o Aeroblog.

Abraços

Lisarb (Aeroblog).

topodidi disse...

Anonimo , a unica coisa que desejo a voce para sus futuros viagems , sao o maximo de problemas , atrasos , sustos e porque ainda nada mais pior . Pode continuar com a TAM , mas concordo que e um da pior empresa com quem ja voei , nao tenho vergonha de falar que ja consegui a ser indemnizado varias vezes . Como fala Lisarb , isso acontece , mas tem que responder quando erra . Para de falar que e um orgulho brasileiro de voar com a TAM .

Thiago disse...

Desculpa o desabafo, mas a Tam é uma merda ! Só tem nome !

Luis disse...

Se é ruim porque ainda voa? O problema é dela que perdeu as calcinhas e outros pertences, freta um avião, boasona, já que quer exclusividade e conforto!

SEGUIDORES AEROBLOG

Total de visualizações de página