segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Desrespeito e incumprimento da lei


Minha parente viajou ontem para Santiago do Chile no vôo 8028 que estava sobre vendido. Tentaram de convencê-la para não viajar oferecendo U$200 na forma de abono para uma outra viagem (aliás aconteceu comigo na Lan Chile e me deram uma passagem de graça para qualquer destino de América). 

Como ela não aceitou, imagino que foi castigada e não levaram a sua mala. Desde ontem está tentando falar desde Santiago e ninguém responde nos telefones da TAM. 

Tentei agora e o tempo de espera para falar com o atendente é de 30 MINUTOS!!! 

Depois a empresa compra as pesquisas de satisfação e diz que ela é campeã nisto. 
 
Como é possivel que uma pessoa não possa mudar de roupa, usar seus cremes e desodorante (proibidos de carregar pessoalmente) e a TAM nem sequer ter a mínima diferença de se comunica com o cliente, ou se isto ser muito onerosos para ela, de disponibilizar um telefone de fácil acesso para resolver o problema?

 
Aliás, segundo a lei brasileira o tempo de atendimento dos call center não é de três ou quatro minutos?


Fonte: Reclame Aqui.

2 comentários:

topodidi disse...

Mais um : cade nosso amigo quem nunca tive um problema com a TAM e quem diz que a gente so quero extorquir a TAM em caso de problema ?????

Lisarb disse...

Hehehe, é mesmo, se ele for no site em que pego essas informações ele vai ver que a TAM é a campeã disparado em reclamações.

Abraços

SEGUIDORES AEROBLOG

Total de visualizações de página