sábado, 28 de novembro de 2009

Alguns sobreviventes de desastres aéreos

10 - Tenente Martin Farkaš

Data do Acidente: 19/01/2006

Aeronave: Antonov An-24
Empresa Aérea: Slovak Air Force
Local: Hejce, Hungria
Passageiros e Tripulação: 43
Óbitos : 42
Causa: Erro do Piloto

O tenente Martin Farkas salvou-se da morte porque estava no banheiro do avião. Segundo as investigações, este fato salvou-lhe a vida. Sofreu contusão cerebral e danos nos pulmões. Mesmo assim teve forças para chamar a sua mulher pelo celular minutos após o acidente.

Ainda aturdido, explicou que o avião tinha caído e que devia avisar os serviço de emergência.




9 - James Polehinke

Data do Acidente: 27/08/2006

Aeronave: Bombardier Canadair Regional Jet (CRJ) CRJ-100ER
Empresa Aérea : Comair (d/b/a Delta Connection
Local: Aeroporto Blue Grass, Lexington, Kentucky
Passageiros e Tripulação: 50
Óbitos: 49
Causa: Erro do Piloto

O avião no qual trabalhava James Polehinke se espatifou em agosto de 2006 com 51 passageiros a bordo.

Morreram todos menos ele, que foi resgatado dentre a ferragem retorcida pelo pessoal do aeroporto de Blue Grass, em Kentucky (EUA).

Polehinke ficou gravemente ferido, cortaram-lhe a perna esquerda e sofreu danos cerebrais. Devido ao impacto, não recorda nada do que aconteceu.



8 - Foye Kenneth Roberts

Data do Acidente: 14/06/1943

Aeronave: B-17C Flying Fortress
Local: BAKERS CREEK , Australia
Passageiros e Tripulação: 41
Óbitos: 40
Causa: desconhecida

Por razões de segurança militar e morais, este incidente foi abafado durante muitos anos pelo exercito americano e pelas autoridades civis da Austrália.

O avião levava 41 americanos em serviço para 10 dias de férias e decolou em meio a neblina até a altitude 300 pés e em poucos minutos pegou fogo em pleno ar, mergulhando em meio as árvores, umas de suas asas se desprendeu, abrindo um grande buraco na fuselagem por onde a maioria dos passageiros acabaram por ser jogados para fora antes do impacto final.

O único sobrevivente foi Foye Kenneth Roberts que sofreu lesões cerebrais que não foram diagnosticadas na época do acidente e acabou por ficar sem se comunicar durante muitos anos, somente após uma cirurgia cerebral retomou sua voz.

Foye não tinha lembranças do acidente e veio a falecer em fevereiro de 2004.



7 - Sergei Petrov

Data do Acidente: ?/12/1997

Aeronave: ?
Local: ?
Passageiros e Tripulação: ?
Óbitos: 85
Causa: desconhecida

Em dezembro de 1997, um vôo charter procedente de Tajiquistão se espatifou contra as dunas do deserto nos Emirados Árabes.

Morreram os 85 ocupantes e só o co-piloto se salvou, graças a que a cabine foi a parte que menos danos sofreu.

As investigações determinaram que ele se salvou porque seu assento foi o único que não se soltou com o impacto.



6 - Erika Delgado

Data do Acidente: 13/01/1995

Aeronava: DC-9
Empresa Aérea: Intercontinental airlines
Local: Maria La Baja, 500 milhas ao nordeste de Bogota
Passageiros e Tripulação: 52
Óbitos: 51
Causa: descohecida

Em 13 de janeiro de 1995, um DC-9 com 52 pessoas a bordo caiu na localidade de Maria La Baja, Colômbia, quando se dirigia a Cartagena.

Uma menina de dez anos chamada Erika Delgado foi a única sobrevivente.
Um fazendeiro da zona resgatou-a do avião após ouvir seu choro. A menina estava consciente e só tinha quebrado um braço.



5 - George Lamson, Jr.

Data do Acidente: 21/01/1985

Aeronave: Lockheed Electra 188
Local: Reno, Nevada
Passageiros e Tripulação: 71
Óbitos: 70
Causa: Erro do Piloto e Equipe de terra

Depois de um fim de semana esquiando, George Lamson de 17 anos, tomou assento ao lado do pai na primeira fila da cabine do avião, logo atrás do anteparo.

Quando o avião começou a tremer a asa direita, uma curva a direita foi feito a partir de um péssimo conselho e nesse momento o avião começou a meergulhar.

Lamson puxou os joelhos para o peito no momento em que o avião bateu no chão.

A força da batida arrancou a poltrona de Lamson da fuselagem e ele foi foi catapultado para fora da aeronave, ele acabou caindo no meio da estrada um pouco acima e a direita do local do acidente, Lamson ainda estava preso ao seu cinto de segurança.

Ele se soltou do cinto de segurança e correu até para fora da estrada até um terreno próximo, enquanto o avião explodia.

Inicialmente três pessoas sobreviveram ao acidente, incluindo o pai de Lamson, mas elas acabaram por falecer posteriormente.

Algum tempo depois, foi determinado que a provavel causa do acidente foram as falhas do piloto e do co-piloto em controlarem a direção e a velocidade da aeronave.



4 - Mohammed el-Fateh Osman

Data do Acidente: 08/07/2003
Aeronave: Boeing 737
Operadora: Sudan Airways
Local: Porto Sudão
Passageiros e Tripulação: 116
Óbitos: 115
Causa: desconhecida

Por volta de 10 minutos após a decolagem, o piloto entrou em contato com a torre de controle e avisou sobre um problema com a turbina um.

O piloto desligou a turbina e avisou a torre que estava retornando ao aeroporto.

10 minutos depois, a aeronave caiu em uma encosta enquanto tentava um pouso de emergência, matando 115 pessoas e deixando o pequeno Mohammed el-Fateh Osman de apenas 3 anos como o único sobrevivente.

A criança foi encontrada machucada e deitada sobre uma árvore. A mãe da criança estava entre as vítimas do acidente.

Mohammed perdeu parte de uma perna e recebeu tratamento contra queimaduras graves.



3 - Vesna Vulović

Data do Acidente: 26/01/1972
Aeronave: McDonnell-Douglas DC-9
Operadora: Jugoslovenski Aero transport
Causa: ?
Local: Hinterhermsdorf , East Germany
Passageiros e Tripulação:28
Óbitos: 27

O caso desta aeromoça sérvia é rodeado de mistério.
Vesna Vulovic ainda conserva o recorde Guinness da pessoa que sobreviveu a maior queda sem para-quedas, após sair com vida do acidente que precipitou o avião ao solo desde 10.000 metros de altura em janeiro de 1972.

Morreram 27 pessoas.


Um homem tirou Vesna com vida dentre os restos do aparelho, e apesar das terríveis feridas, conseguiu sobreviver e hoje é uma espécie de heroína nacional na Sérvia.

Recentemente foram publicadas algumas informações que asseguravam que o avião voava a baixa altura e foi derrubado pelo exército checo.



2 - Cecelia Cichan

Data do Acidente: 16/08/1987
Aeronave: McDonnell Douglas MD-82
Operadora : Northwest Airlines
Local: Romulus, Michigan
Passageiros e Tripulação: 155
Óbitos: 154 – 2 pessoas na terra também foram mortas
Causa: Erro do Piloto

Cecelia tinha 4 anos quando seu avião caiu no oeste de Detroit (EUA), em agosto de 1987.

Dos 155 passageiros a bordo só ela sobreviveu.

As equipes de resgate encontraram-na amarrada em seu assento a vários metros dos restos do avião, próxima dos corpos de sua mãe, seu pai e seu irmão de seis anos.

Os investigadores não encontraram explicação. Após superar o trauma, formou-se em pscologia.



1 - Juliane Köpcke

Data do Acidente: 24/12/1971
Aeronave: Lockheed Electra L-188A
Local: Puerto Inca, Peru
Passageiros e Tripulação: 92
Óbitos: 91
Causa: Erro Humano e falha estrutural possivelmente causada por um raio

A história de Juliane Köpcke já rendeu dois filmes e recorda muito o argumento de "Lost".

Em 24 de dezembro de 1971, o avião no qual viajava se desintegrou em pleno ar com 93 passageiros a bordo (morreram todos).

Juliane, que tinha então tinha 17 anos, foi arremessada junto a seu assento e caiu sobre as frondosas copas das árvores do Amazonas, que amorteceram a queda.

Quando acordou, após várias horas inconsciente, estava no chão, sentada sobre sua poltrona e no meio da selva.

Durante dias encontrou os restos do avião e dos passageiros mortos estendidos ao longo de muitos quilômetros.

Após nove dias vagando pela selva foi encontrada por um camponês.

Fonte: inexplicavel.org
Photo by: inexplicavel.org

2 comentários:

dfa disse...

parabens pelo blog altamente profissional,um dos mais completos que ja vi nessa area de aviação

Lisarb disse...

Obrigado. Você não imagina como é difícil conseguir novas notícias, todos os dias. Olho em média uns 400 sites sobre aviação por dia.

Mais uma vez obrigado, são pessoas como você, e com comentários assim, que ma dá forças para levar este blog adiante.

Abraços;

Lisarb Albuquerque (Aeroblog).

SEGUIDORES AEROBLOG

Total de visualizações de página